Previdência complementar e sua importância

A poupança previdenciária é o patrimônio a ser protegido, tanto em respeito ao esforço contributivo realizado por você participante ao longo de sua vida em atividade profissional, quanto em razão de representar uma importante fonte de renda futura quando de sua aposentadoria.

 

Quanto antes você começar a pensar no seu futuro com uma poupança, mais opções terá.

 

A palavra previdência, vem do latim  “‘previdere”  que significa prever, precaver, dando dessa forma  origem a palavra previdência.

 

Com a Lei Federal 6435 de 1977 a Previdência Complementar começou a dar seus primeiros passos no Brasil. A partir da Lei Complementar 109 de 29 de maio de 2001 do Congresso Nacional, os planos de previdência complementar passaram a ter normatização, coordenação, supervisão e fiscalização por órgão regulador e fiscalizador federal que é a Previc – Superintendência Nacional de Previdência Complementar, hoje subordinada à Secretaria da Fazenda.

 

A Previdência Complementar no Brasil está longe de atingir os níveis de participação dos mercados americano, europeu ou asiático com níveis surpreendentes de poupança, mas vem crescendo paulatinamente, hoje por volta de 12% do PIB  brasileiro.

 

Preocupado com a expansão desse sistema que virá num futuro não muito distante, desenvolver nas pessoas o hábito de subsistência ao trabalhador brasileiro a Previdência Complementar ajudará através dos patrimônios dos fundos oferecer recursos como fomento nas principais áreas de desenvolvimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *