Falta da reforma da Previdência ameaça atual recuperação da economia

Para o ex-presidente do BC e sócio-diretor da consultoria Tendências, Gustavo Loyola, o descolamento entre a economia e a crise política e a melhoria da gestão macroeconômica no governo Temer são fatos indiscutíveis, mas pelo menos no primeiro caso isso pode não perdurar por muito tempo, já que algumas de suas causas são transitórias. Porém, diz ele, o atraso nas reformas, especialmente a da Previdência, poderá complicar bastante o atingimento das metas fiscais nos próximos anos e até mesmo ameaçar o cumprimento do teto de aumento das despesas públicas.

Daí a importância das eleições de 2018, quando se precisará eleger um governo comprometido em fazer a reforma da Previdência. Do contrário, teremos um novo colapso e a atua recuperação da economia parecerá mais um daqueles casos de “voo de galinha”, diz Loyola.

 

Fonte:  Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *