Educação Financeira nas escolas é exigência da BNCC

Você sabia que a educação financeira nas escolas é uma das habilidades obrigatórias entre os componentes curriculares? A regra é da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que estabelece referências para o ensino no Brasil.

Centenas de escolas em todo o País já ensinavam educação financeira para crianças e jovens antes mesmo de virar regra. O tema é abordado em sala de aula de forma comportamental. Recursos lúdicos ensinam a poupar para conquistar sonhos, com base no Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas.

Em minha rotina, ouço muitos adultos dizerem que gostariam de terem tido educação financeira na infância e na juventude. E que se tivessem com certeza hoje lidariam melhor com o próprio dinheiro.

A situação atual é alarmante: 45% dos brasileiros não controlam as próprias finanças, segundo recente pesquisa da SPC Brasil e do CDNL. E a saída não está apenas em aprender a fazer cálculos e sim em adquirir hábitos e comportamentos sustentáveis.

Quando o tema é abordado na infância, em sala de aula, os resultados são positivos não apenas para as crianças, mas também para seus pais e responsáveis. Todos ganham, inclusive os professores e todo o corpo docente da escola.

No ano passado, cerca de 96 mil alunos aprenderam com o Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas.

E na escola do seu filho, tem educação financeira?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *